Estilo literário: dicas e ideias para novos autores

Você já ouviu falar em estilo literário? Não? Então continue aqui com a gente, que vamos te contar tudo sobre esse anjo do universo dos livros.

Sabe quando você lê um parágrafo ou até mesmo uma frase, e pensa “quem escreveu foi a pessoa tal?”. você nem viu de quem era, de fato, aquele texto, mas já sabia de quem era a autoria. Isso acontece porque, muito provavelmente, o estilo literário daquela pessoa já está gravado no seu subconsciente, fazendo com que você reconheça seus textos sem dificuldades.

O estilo literário é uma espécie de assinatura, como se fosse uma marca registrada. É a impressão da personalidade e escolhas artísticas na escrita. Fazem parte desse pacote a forma como as palavras são escolhidas, como as frases são construídas, a organização dos parágrafos, diálogos e a narrativa como um todo.

Cada pessoa tem um estilo único, que torna sua escrita inconfundível, mesmo que estejamos comparando com outras obras do mesmo tema ou gênero. Como iniciante no mundo literário, pode parecer uma tarefa difícil encontrar um estilo, mas com paciência, dedicação e calma, você encontrará o seu jeitinho de contar histórias.

Criando seu próprio estilo literário

  1. Leia tudo e mais um pouco: esse conselho é um daqueles que vamos repetir para sempre. Leia tudo, sempre, o tempo todo. E quando achar que leu o suficiente, leia mais um pouco. No entanto, não se limite a um estilo literário. Saia da sua zona de conforto e procure gêneros diferentes. Além disso, preste atenção em como as pessoas que escrevem imprimem seus estilos literários em seus livros. Observação é a chave do sucesso nesse campo.
  2. Nunca pare de escrever: contar histórias pode ser um dom, mas escrever é prática. Reservar um tempo para escrever todos os dias, mesmo que seja apenas algumas frases, é essencial. Além disso, participar de projetos como o NaNoWriMo te ajuda a ganhar cada vez mais confiança.
  3. Autenticidade é tudo: não tenha medo de mostrar quem você realmente é e deixar sua personalidade aparecer. Copiar o estilo de outros escritores, além de não ser legal, limita a criatividade, então concentre-se em simplesmente ser você. Ser vulnerável na escrita ajuda a criar uma conexão emocional com os leitores.
  4. Escreva sem medo, edite sem piedade: quando terminar seu original, se você sentir que seu estilo literário está impresso ali e estiver feliz com o seu trabalho, é a hora de editar com cuidado. Releia tudo, elimine excessos de linguagem ou frases confusas. O ideal é que você contrate profissionais para fazer uma boa revisão e uma preparação de texto profissional, para garantir um livro impecável e maiores chances de publicação. Se precisar de uma força, pode contar com a gente!

Mas oi, tome cuidado!

Algumas pessoas tendem a achar que tudo é permitido na hora de desenvolver um estilo literário. No entanto, é preciso tomar cuidado para não achar que vícios de linguagem, que são inadequados e empobrecem o texto, fazem parte da chamada “assinatura pessoal”.

O uso excessivo de gerúndio, pleonasmos e cacófatos são alguns exemplos que você deve evitar, tanto na comunicação escrita quanto na falada. Dessa forma, você cria uma narrativa limpa, envolvente e impactante, que cativará os leitores do começo ao fim.

Tulipa Editora

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *